Será que precisas fechar a boca, comer só o que não gostas para teres bons resultados?

Se descomplicares, por vezes os resultados aparecem mais rápido.

Vamos falar de três formas de criar hábitos mais saudáveis na tua vida.

Primeiro de tudo, antes de explicar como é que podes criar bons hábitos na tua vida, porque é que é tão importante ter bons hábitos na tua vida? Porque os hábitos ajudam a poupar energia no teu cérebro.

Quando algo se torna automático, como o caso de um hábito, não precisas de tomar aquela decisão difícil: ‘Será que faço isto? Será que faço aquilo?’. O teu cérebro define, por defeito: ‘Este é o caminho mais rápido para atingir o meu objetivo com este hábito’.

Os hábitos permitem automatizar as decisões boas para ti, e viver todo este processo de transformação corporal como estilo e vida, e não como “mais uma dieta”.

Para te explicar melhor o que é um hábito vamos pensar em três fases distintas.

Existe uma pimeira fase que é o sinal ou o gatilho, que é aquilo que dá a informação ao teu cérebro que vai começar todo o processo do hábito; depois existe uma segunda parte que é o comportamento ou a ação em específico relacionada com este hábito; e no final existe uma recompensa. E se não existir esta recompensa não pode ser considerado um hábito.

Para muitas pessoas ir trabalhar não é um hábito, é um comportamento. Há um gatilho, o despertador toca de manhã, vão trabalhar, receber o dinheiro ao fim do mês até pode parecer uma recompensa mas há muita gente que se recebesse, por exemplo, o euromilhões, não ia trabalhar mais, porque já tinha a recompensa adiantada.

Mas quando falamos de um hábito, por exemplo um hábito saudável para ti, tens que encontrar uma forma de ter recompensa para ser mesmo considerado um hábito.

SINAL/GATILHO

Como eu te prometi: três formas de criar hábitos saudáveis muito mais rápido.

Qual é a primeira forma? Vamos pensar então na primeira fase do hábito que é o sinal ou o gatilho. Se o tornares mais óbvio é mais fácil lembrares o teu cérebro que tem de começar todo este processo do hábito que tu estás a implementar.

Um exemplo muito simples: imagina que tu queres consumir mais frutas e mais vegetais. Se tiveres as frutas e os vegetais mais visíveis, em tua casa, do que os doces ou aquelas comidas mais processadas que queres comer menos, vai ser muito mais fácil implementares este hábito saudável, porque está visível.

Mas vou-te dar outro exemplo que é muito menos óbvio. Imagina que tu queres melhorar a tua rotina de sono. Queres-te deitar mais cedo para poderes acordar mais cedo e, se calhar, dormir melhor e aproveitar melhor o teu dia. Como é que vais tornar o sinal deste novo hábito mais visível?

Colocas um alarme, ou na tua bracelete fitness ou no teu telemóvel, para 15 a 30 minutos antes da hora que tu queres ir dormir, te lembrar que está na hora de começares o teu processo de te ires deitar. Esta é uma boa forma de tornar o sinal mais óbvio e mais visível.

COMPORTAMENTOS E AÇÕES

A segunda forma de ser mais simples e mais fácil para ti criar hábitos saudáveis é a segunda parte do hábito, que é o comportamento ou ação. Para ser possível para ti implementar um hábito, primeiro de tudo, tu tens de ter as habilidades necessárias para o executar.

O que eu vejo acontecer muitas vezes é que as pessoas tentam começar num estágio muito avançado de uma ação que ainda não dominam. Então vamos começar por uma ação muito mais simples.

O exemplo típico é alguém que me diz: “João, eu vou ser super ativo, super saudável, vou começar a treinar sete vezes por semana.”.

“E quantas vezes treinas agora?”. “Nenhuma.”.

Qual é a probabilidade de isto acontecer? Ou de, pelo menos, se tornar um hábito? É muito improvável porque a pessoa ainda não tem a capacidade, não tem as habilidades, ainda não tem a rotina para isto acontecer. Se me dissesse que iria começar a treinar duas a três vezes por semana eu achava muito mais realista.

Tal como alguém que me diz que tem uma vida boémia, passa a vida nos copos, come mal, dorme mal, faz todas essas coisas mal, digamos assim, face àquilo que é o seu objetivo, se me disser ‘Ai agora só vou comer saudável, vou-me deitar às dez da noite todos os dias e vou virar um autêntico monge urbano’ eu não acredito que isso vá acontecer.

Por isso, vamos sempre encontrar aqui uma ação ou um comportamento que esteja dentro das tuas capacidades atuais e vais, ao longo do tempo, tornando esse hábito cada vez mais desafiante para o estágio seguinte.

RECOMPENSA-TE

E por último, a terceira forma de incluir hábitos mais saudáveis na tua rotina muito mais rápido é a terceira fase do hábito.

E a terceira fase do hábito, como falamos há pouco, é a recompensa. Como é que tu podes fazer este adiantar da recompensa para ser mais fácil criar um hábito?

Imagina que tu tens esta escolha à tua frente: comer uma fatia de bolo de chocolate ou comer um pratinho de frango com brócolos.

Qual é que tu achas que o teu cérebro te vai convencer a fazer agora?O chocolatinho. Quase de certeza a maioria das pessoas, a não ser que seja como eu, que não gosta muito de chocolate, vão quase sempre apostar no bolinho de chocolate. Porquê? Porque a recompensa de comer o chocolate agora é muito maior do que comer o frango com brócolos.

Mas como é que eu posso adiantar a recompensa de comer o frango com brócolos, se está mais alinhado com os meus objetivos a longo prazo?

Ter um calendário super simples onde eu vou anotar que cumpri os objetivos e os hábitos para o meu dia. Isto faz-me sentir muito bem porque assinalei que cumpri o meu dia e isto chama-se adiantar a recompensa.

Outra coisa muito importante e muito pouco falada nesta parte da recompensa é criar uma emoção positiva sempre que cumpres com o hábito que tu estás a trabalhar.

Porquê?

Esta sensação, esta emoção criada no momento, melhora a tua memória do comportamento que foi feito e faz com que o hábito solidifique mais depressa.

Como é que tu podes criar essa emoção e celebrar este momento? Muito mais simples do que parece. Às vezes chega uma palmadinha nas costas e dizer ‘João, muito bom, cumpriste o teu dia’ para ser muito mais rápido a implementação do novo hábito.

RESUMO

Qual destas três estratégias é que tu vais implementar já amanhã nos teus hábitos e qual é que é o hábito, que tu estás a trabalhar agora, no qual vais usar uma destas três estratégias? 

E não te esqueças: descomplica.

PS: podes descobrir nesta mini-masterclass alguns dos segredos sobre hábitos 😉 clica no link para aceder.

Translate »