Imagina que começaste a fazer uma dieta.

Começaste a mudar os teus hábitos, a comer um pouco melhor, até tentaste uma dieta, mas precisas de saber se estás a progredir ou não. Hoje vamos falar sobre: quais os três métodos que utilizamos na Sik Nutrition para saber que os nossos ‘Sikianos’ estão a progredir ao ritmo certo.

3 FERRAMENTAS PARA MONITORIZAR O PROGRESSO

Usamos três ferramentas super simples para monitorizar o progresso.

A primeira ferramenta são fotografias corporais tiradas de frente, costas ou dos lados. Tiramos também algumas pesagens semanais, entre uma vez a sete vezes por semana. E medidas de pontos corporais, entre os quais, por exemplo, peitoral, a zona abdominal, as ancas, as coxas e os braços.

E qual destes três é o mais importante para ti, para saberes que estás a progredir? No fundo, são todos importantes. É por isso que nós triangulamos estes três métodos para saber que estás a progredir.

Eu sei que existe um foco muito grande na perda de peso e eu não vou dizer que perder peso, se for o teu objetivo, não é importante.

Mas usares esta métrica sozinha é insuficiente para garantir que está tudo a correr bem, porque imagina o seguinte cenário: vais pesar-te e até só estás a pesar uma vez por semana e no dia da pesagem, por acaso, o teu peso não desceu.

Ficarias triste, frustrada, porque as coisas não estavam a correr como tu gostarias. Mas no fundo, quando vais fazer as tuas medições corporais, percebes que perdeste algumas medidas na tua zona abdominal. Quando tiras as tuas fotos notas que estás mais definida, há linhas corporais que não vias antes e que estás a ver agora. Há progresso. E o peso, sozinho, não era suficiente para veres esse progresso.

PRECAUÇÕES

Há algumas precauções que eu quero falar, especificamente para as meninas.

É muito diferente a avaliação de progresso entre os homens e as mulheres. E isto porquê?

Não é que seja pelo tipo de corpo ou alguma coisa assim muito estranha, simplesmente as mulheres têm um ciclo hormonal que os homens não têm e a existência da menstruação faz com que existam muitas oscilações de peso ao longo do ciclo menstrual. E a melhor maneira de poderes fazer esta avaliação é comparares ciclo menstrual com o próximo ciclo menstrual. Então, podes fazer esta comparação de quatro em quatro semanas:

  • primeira semana de um ciclo com a primeira semana do próximo ciclo
  • Se conseguires fazer esta comparação vais ter dados suficientes ao longo do tempo para poderes perceber se está tudo a correr bem, por isso, esquece aquelas promessas de que vais perder todo aquele peso em duas semanas porque isso é só uma ilusão.
  • Vais perder água, vais achar que estás a perder, vais fazer alguma loucura e não vais ter dados suficientes sequer para perceber se aquilo que tu estás a fazer, a nível de hábitos de estilo de vida, vai funcionar a longo prazo.

ERROS COMUNS

Qual é o erro mais comum que nós detetámos a trabalhar com mais de mil pessoas ao longo dos últimos anos?

Tomar decisões cedo demais, sem ter informação suficiente para tomar uma decisão racional, fatual e lógica.

Muitas das vezes, naquele dia que subiste à balança, todas as tuas emoções sobem à flor da pele. O peso não baixou, não estás a monitorizar as medidas, não estás a monitorizar as fotos e o que é que tu pensas?

‘Não está a correr bem’.

Quais são as decisões que vais tomar? Ou vais cortar agressivamente na nutrição (desnecessário!) ou então vais pensar:

‘Oh, que se lixe. Faço tudo bem e não estou a perder peso então olha, vou mandar vir uma pizza familiar’.

São precisos dados suficientes para tomares medidas ajustadas com aquilo que é o teu real progresso.

DESAFIO DOS COACH

03:24 Quero desafiar-te a enviares-nos uma mensagem ou um email para geral@teamsiknutrition.com se gostavas de perceber, com mais detalhe, como é que nós fazemos estas medições e estas avaliações, que tenho uma surpresa preparada para ti. E não te esqueças: descomplica!

Coach João

Translate »